Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Preço das casas desce na Grã-Bretanha e nos EUA

Preço das casas desce na Grã-Bretanha e nos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

Os preços das casas, no Reino Unido, estiveram a caír pelo quarto mês consecutivo. Este mês, os ingleses e galeses pagaram menos 0,3% pela compra de habitação que em Dezembro. O estudo não inclui a Escócia nem a Irlanda do Norte.

Esta continuação da crise imobiliária reforça os medos de um abrandamento da economia, que deve prolongar-se pelo próximo ano. Este ano, o crescimento do PIB pode caír dos 3,1% para apenas 2%.

O Banco de Inglaterra deve fazer um novo corte na taxa de juro, na reunião do dia 7 de Fevereiro.

As notícias de quebra vêm também os Estados unidos, onde estalou a actual crise do sector. O preço das casas novas caíu por 4,7% em Dezembro, para o valor mais baixo dos últimos 13 anos.

No total do mercado imobiliário, o preço médio caíu 10% e é agora de cerca de 220 mil dólares, ou seja, menos de 150 mil euros. A perspectiva de uma recessão económica nos Estados Unidos, este ano, está cada vez mais presente e a crise imobiliária é a principal responsável.