Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Sérvios decidem futuro este domingo

 Sérvios decidem futuro este domingo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 7 anos depois da queda de Slodoban Milosevic, a Sérvia está numa encruzilhada. O dia é de reflexão para o país de 7,5 milhões de habitantes que escolhem este domingo entre um ultranacionalista eurocéptico e um pró-ocidental que pode conduzir o país rumo à União Europeia.

Os eleitores estão divididos a tal ponto que as sondagens não arriscam um vencedor, apesar de darem uma ligeira vantagem ao pró-ocidental Boris Tadic. Mas a maioria dos analistas prevê que esta segunda volta entre Tadic e Tomislav Nikolic possa ser decidida por poucos milhares de votos de diferença.

Alguns estimam que nestas eleições presidenciais está em causa o futuro de várias gerações sérvias, ou no rumo da integração europeia com Tadic ou do isolamento voltado para Moscovo com Nicolic.

Tema transversal da campanha foi o Kosovo, que se prepara para declarar a independência.

Os dois candidatos recusam essa ideia e Tadic pode ser prejudicado nas urnas por ser mais pró-europeu, depois de se saber que a maioria dos membros da União Europeia está de acordo para reconhecer a independência da província sérvia.

Uma independência que terá uma vida mais difícil se Nikolic vencer.