Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Tratado de Lisboa: França e Eslováquia podem ratificá-lo já esta quinta-feira

 Tratado de Lisboa: França e Eslováquia podem ratificá-lo já esta quinta-feira
Tamanho do texto Aa Aa

A França está mais próxima da ratificação do Tratado de Lisboa. Na segunda-feira, senadores e deputados, reunidos em congresso, aprovaram a revisão constitucional prévia à ratificação do texto. Esta quarta-feira, foi a vez de o conselho de ministros dar luz verde ao projecto de lei que autoriza a França a ratificar o tratado. Quinta-feira, será o Parlamento que deverá pronunciar-se.

Tudo indica que, até ao final da semana, a França ratifique o Tratado de Lisboa, juntando-se assim aos outros países que já o fizeram: a Hungria, a Eslovénia, Malta e a Roménia.

Esta quinta-feira, espera-se também que a Eslováquia ratifique o texto. O país já adiou o acto três vezes. A oposição tem bloqueado o processo como forma de pressão para que o projecto de lei sobre a imprensa seja alterado. A ratificação do Tratado de Lisboa requer uma maioria qualificada de três quintos, o que equivale a 90 votos, num total de 150. A coligação governamental na Eslováquia dispõe apenas de 85.

Todos os Estados membros ratificam o Tratado pela via parlamentar, à excepção da Irlanda, cuja constituição obriga à realização de um referendo.