Última hora
This content is not available in your region

Erdogan visita Alemanha sob fundo de tensão racial

 Erdogan visita Alemanha sob fundo de tensão racial
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro da Turquia está de visita à Alemanha, num clima de tensão pela morte de nove turcos num incêndio supostamente provocado por neonazis.

Recep Tayyip Erdogan visitou o local da tragédia, na cidade ocidental de Ludwigshafen, depois da polícia alemã ter levantado o alerta e classificado como “brincadeira de mau gosto” um telefonema que deixava uma ameaça de ataque nas proximidades.

Amanhã, o chefe de governo turco encontra a chanceler alemã, Angela Merkel, por ocasião da Conferência Anual de Munique sobre Segurança, na qual participam 40 líderes europeus.

Junto às famílias afectadas pelo trágico incêndio, Erdogan agradeceu o inquérito conduzido pelas autoridades germânicas, com as quais colabora uma equipa enviada pelo governo de Ankara.

O primeiro-ministro turco questionou-se também sobre a eventualidade de tratar-se de um crime de motivação racista, uma hipótese defendida pelos media turcos desde a descoberta de símbolos nazis no local do incêndio.

O fogo de domingo provocou a morte a nove imigrantes turcos, cinco dos quais crianças, e elevou as tensões entra a população alemã e a comunidade turca na cidade.