Última hora
This content is not available in your region

Israel mata comandante do Hamas em Rafah

Israel mata comandante do Hamas em Rafah
Tamanho do texto Aa Aa

Olho por olho, dente por dente. Israel já respondeu ao ataque com ‘rockets’ contra Sderot que fez 2 feridos graves, entre os quais uma criança de 8 anos. Um raide aéreo do Tsahal durante a noite matou um responsável do Hamas em Rafah, na Faixa de Gaza e feriu mais 10 pessoas.

Entretanto os membros do governo israelita sobem o tom do discurso. Um ministro próximo de Ehud Olmert pediu hoje o regresso dos assassinatos selectivos, mais especificamente a liquidação de todos os dirigentes políticos e militares do Hamas na Faixa de Gaza, incluindo Ismael Haniyeh, o primeiro-ministro palestiniano eleito, mas não reconhecido no exterior.

Segundo o ministro da Habitação “em Gaza tem de se ter uma linguagem guerreira” e por isso é favorável a “ataques contra a cabeça da serpente, a começar por Haniyeh”.

Depois de sofrerem o ataque com ‘rockets’ os habitantes de Sderot saíram à rua para pedir represálias mais duras na Faixa de Gaza. O governo israelita reuniu este domingo para analisar a situação e decidir sobre qual a melhor resposta a dar contra os ataques lançados pelas milícias.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.