A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

UE quer solução baseada na primeira volta eleitoral do Zimbabué

UE quer solução baseada na primeira volta eleitoral do Zimbabué
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma saída para a crise do Zimbabué deverá ser baseada nos resultados da primeira volta das eleições presidenciais e não sobre o simulacro da segunda volta. Esta é a posição da União Europeia.

O Zimbabué foi a votos numa controversa segunda volta eleitoral, esta sexta-feira, e Londres foi ao mesmo tempo palco de protestos contra Robert Mugabe e o seu regime. A manifestação também contou com criticas ao presidente da África do Sul, Thabo Mbeki, pelo alegado apoio dado a Harare.

As eleições foram consideradas fraudulentas pela comunidade internacional, incluindo o conselho de segurança das Nações Unidas. Os primeiros resultados do escrutínio deverão ser conhecidos este sábado.