Última hora

Última hora

Confrontos em Rafah no segundo dia de "suposta abertura" de fronteira com Egipto

Em leitura:

Confrontos em Rafah no segundo dia de "suposta abertura" de fronteira com Egipto

 Confrontos em Rafah no segundo dia de "suposta abertura" de fronteira com Egipto
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de palestinianos tentaram forçar a abertura do posto fronteiriço de Rafah, que liga Gaza ao Egipto.

Há um ano que a passagem estava encerrada. A população de cerca de um milhão e meio de palestinianos está cansada e desesperada com o embargo israelita e contava agora com um pequeno escape para o egipto.

De acordo com o previsto, apenas poderiam passar doentes graves e viajantes de algumas nacionalidades que tivessem ficado bloqueados do lado palestiniano ou do lado egípcio.

A abertura do posto fronteiriço de Rafah resultou de um acordo entre o governo egípcio e o Hamas, que controla a Faixa de Gaza.

Mas a pequena abertura dada pelas autoridades egípcias não satisfaz os palestinianos, a ponto do Hamas acusar o país vizinho de colaborar com o bloqueio israelita.

Segundo as contas do Hamas, apenas 25 dos mil e quinhentos doentes palestinianos conseguiram passar para o Egipto.