A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Bulgária fecha as lojas duty-free junto à fronteira para lutar contra o contrabando

 Bulgária fecha as lojas duty-free junto à fronteira para lutar contra o contrabando
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Todos os duty-free e postos de abastecimento ao longo da fronteira da Bulgária com a Macedónia, Sérvia e Turquia estão encerrados a partir de hoje. Uma medida das autoridades de Sofia para lutar contra o contrabando que reina por estas regiões da raia da União Europeia.

A decisão foi tomada em Maio pelo Parlamento como parte do plano para combater o contrabando e a corrupção

Para a ministra dos Assuntos Europeus da Bulgária, Gergana Grancharova, “O encerramento das lojas finaliza uma espécie de período de transição na Bulgária. Penso que se um dos governos anteriores tivesse tido a vontade de tomar esta medida, as pessoas que trabalham nestas lojas teriam tido mais facilidade em encontrar melhores trabalhos”.

A corrupção e o contrabando são os dois principais ‘cancros’ da Bulgária.

Desde que o país aderiu à União Europeia em 2007 que a Comissão Europeia tem insistido com o governo de Sofia para que tenha mão dura em relação a estas actividades ilegais. Bruxelas foi mesmo mais longe e suspendeu os apoios comunitários.

O encerramento das lojas francas vai ter um efeito positivo nas contas do Estado, ajudar a indústria de tabaco bulgara e contribuir para melhorar a imagem do país.