Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Barbie vence processo contra Bratz

 Barbie vence processo contra Bratz
Tamanho do texto Aa Aa

A Barbie não se imita. Foi esta a opinão do juiz de um tribunal californiano, no caso que colocou frente-a- frente a Mattel e a MGA.

A maior fabricante de brinquedos do mundo acusou de plágio Carter Bryant, o criador das Bratz. Segundo a empresa, Bryant terá criado as modernas e multiétnicas bonecas, enquanto ainda trabalhava na Mattel, levando a ideia e criando a sua própria empresa, a MGA.

Bryant poderá ter de pagar uma avultada soma ao grupo que comercializa a Barbie e a MGA poderá mesmo ser mesmo proibida de vender as bonecas.

As Bratz são as mais directas concorrentes da boneca loira. Desde que entraram no mercado, a Barbie tem vindo a perder terreno.

No entanto, as vendas da Mattel nos Estados Unidos subiram 3% no segundo trimestre e 15 % à escala mundial. As vendas da “velhinha Barbie” caíram 6%, uma perda que se traduz em 105 milhões de euros.

A divisão Fisher Price, uma linha de briquedos dedicada aos bebés facturou mais 4% e a unidade American Girls incrementou as suas vendas em 10 pontos percentuais.