A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Barbie vence processo contra Bratz

 Barbie vence processo contra Bratz
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Barbie não se imita. Foi esta a opinão do juiz de um tribunal californiano, no caso que colocou frente-a- frente a Mattel e a MGA.

A maior fabricante de brinquedos do mundo acusou de plágio Carter Bryant, o criador das Bratz. Segundo a empresa, Bryant terá criado as modernas e multiétnicas bonecas, enquanto ainda trabalhava na Mattel, levando a ideia e criando a sua própria empresa, a MGA.

Bryant poderá ter de pagar uma avultada soma ao grupo que comercializa a Barbie e a MGA poderá mesmo ser mesmo proibida de vender as bonecas.

As Bratz são as mais directas concorrentes da boneca loira. Desde que entraram no mercado, a Barbie tem vindo a perder terreno.

No entanto, as vendas da Mattel nos Estados Unidos subiram 3% no segundo trimestre e 15 % à escala mundial. As vendas da “velhinha Barbie” caíram 6%, uma perda que se traduz em 105 milhões de euros.

A divisão Fisher Price, uma linha de briquedos dedicada aos bebés facturou mais 4% e a unidade American Girls incrementou as suas vendas em 10 pontos percentuais.