Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Homenagens a Mandela devem prolongar-se durante o fim-de-semana

 Homenagens a Mandela devem prolongar-se durante o fim-de-semana
Tamanho do texto Aa Aa

Nelson Mandela fez 90 anos. Um dos homens mais carismáticos do mundo e que mais fez na luta contra o racismo e a discriminação social, aproveitou o aniversário para lançar outro alerta : “Há muita gente na África do Sul que é muito rica. esses muito ricos poderiam partilhar parte dessa riqueza com os mais pobres, que não conseguiram vencer as dificuldades e a pobreza”.

Brancos de um lado e negros do outro… Foi contra esta imagem que Mandela combateu toda a vida.

A luta contra a segregação social do Apartheid na África do sul valeu-lhe a prisão durante trinta anos. Foi libertado em 1990 pelo então presidente Frederik De Klerk.

O prémio Nobel da Paz foi-lhe atribuído três anos depois e em 94 torna-se no primeiro chefe de Estado negro da África do sul.

As homenagens vêm de todo o lado, de todo o mundo, e deverão continuar durante o fim-de-semana.