Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

OMC: Última oportunidade para salvar ronda de Doha

OMC: Última oportunidade para salvar ronda de Doha
Tamanho do texto Aa Aa

Arranque de uma semana decisiva de negociações sobre a liberalização do comércio mundial.

3 anos depois da data limite para a conclusão da ronda de Doha, as negociações no seio da OMC continuam num impasse.

O “não” irlandês ao Tratado de Lisboa e a intransigência da França em fazer mais concessões nas subvenções à agricultura, deixam a União Europeia sem margem de manobra no braço-de-ferro com as economias emergentes.

Por seu turno os países desenvolvidos procuram conseguir junto dos emergentes uma redução dos direitos aduaneiros para os serviços e produtos industriais.

As dúvidas sobre um possível sucesso das negociações são ainda maiores por causa da situação dos Estados Unidos.

Contra a vontade da administração Bush, o Congresso aprovou legislação que prevê o aumento das ajudas à agricultura. Com eleições para a Casa Branca em Novembro, são muitos os que se interrogam sobre o interesse de um compromisso que a próxima administração poderá não aceitar.

Em plena crise de matérias-primas alimentares as reuniões desta semana são vistas como a última oportunidade para salvar a ronda de Doha