Última hora
This content is not available in your region

Discurso de Castro desilude

Discurso de Castro desilude
Tamanho do texto Aa Aa

Os cubanos esperavam pelo anúncio de novas reformas, mas em dia de festa nacional o discurso de Raúl Castro ficou aquém das expectativas.

O chefe de Estado cubano voltou, este sábado, ao quartel de Moncada, em Santiago, onde há 55 anos se iníciou a revolução cubana.

Durante o discurso, Castro falou do diferendo com os Estados Unidos, adiantando, que a aposta na defesa do país é para continuar, independentemente, dos resultados das presidenciais norte-americanas.

Em relação à situação interna do país, o presidente alertou o povo para que não se acostume a receber apenas boas noticías e pediu contenção nas despesas.

Um balde de água fria para os cerca de 10.000 cubanos que se concentraram diante do quartel.

Mas a 26 de Julho, a contenção das despesas não fez parte da ementa política.

Nas ruas o fogo de artifício e o desfile de carros alegóricos fizeram esquecer os problemas de uma país que há 55 anos deu os primeiros passos para a revolução.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.