Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Apoiantes de Karadzic em cólera

Apoiantes de Karadzic em cólera
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A violência estalou nas ruas de Belgrado após uma manifestação de apoio a Karadzic.

As autoridades dispararam gás lacrimogéneo e balas de borracha contra uma centena de manifestantes ultra-nacionalistas que lançavam pedras no centro da capital sérvia.
Há registo de quarenta e seis feridos, entre les vinte e cinco polícias.

Mais de quinze mil pessoas reuniram-se no centro de Belgrado, esta terça-feira, para protestar contra a transferência de Radovan Karadzic para o tribunal Penal Internacional.
Na mira das críticas dos manifestantes, o presidente sérvio Boris Tadic. Durante o comício, o chefe de estado pró-europeu foi acusado de ser um traidor.
Karadzic continua a ser considerado por muitos como um herói nacional da guerra da Bósnia.
A manifestação foi organizada pelo Partido Ultranacionalista radical sérvio.
Os distúrbios começaram quando Tomislav Nicolic,o líder do partido, se preparava para falar.