Última hora
This content is not available in your region

Diplomata dos EUA nega existência de acordo para impedir julgamento de Karadzic

Diplomata dos EUA nega existência de acordo para impedir julgamento de Karadzic
Tamanho do texto Aa Aa

O diplomata norte-americano que negociou o acordo de paz de Dayton desmentiu hoje as acusações de Karadzic. O ex-líder dos sérvios da Bósnia afirmou que tinha chegado a acordo com os Estados Unidos para não ser julgado.

Richard Holbrooke garantiu, esta quinta-feira, que as alegações são falsas:
“Em Junho de 1996 fui a Belgrado negociar um acordo com Milosevic e dois subordinados de Karadzic. Segundo o acordo, Karadzic devia abandonar os cargos de presidente da parte sérvia da Bósnia e de presidente do partido e ainda desaparecer da vida pública. Ele assinou o acordo com relutância e nunca esteve presente durante as negociações mas para se proteger pôs essa história falsa a circular”.

Richard Holbrooke classificou a detenção de Karadzic como um “acontecimento histórico” que ajudará a “estabilizar a Sérvia e a Bósnia”.