Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Nove alpinistas perdem a vida no K2

 Nove alpinistas perdem a vida no K2
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nove alpinistas perderam a vida no K2, nos Himalaias. A tragédia atingiu uma expedição internacional de 18 pessoas.

Três homens permanecem desaparecidos, um austríaco, um paquistanês e um veterano francês.

Os alpinistas foram apanhados pela queda de um bloco de gelo num estreito a cerca de 8200 metros de altura, conhecido como Gargalo de Garrafa.

Um porta-voz da empresa que organizou a expedição frisou que “o alpinismo comporta muitos riscos” e que apesar de todos os cuidados que envolvem a preparação das expedições “há sempre um risco”.

Segundo a organização da expedição, entre os mortos confirmados estão três sul-coreanos, dois nepaleses, um holandês, um sérvio, um norueguês e um paquistanês.

Mais de setenta pessoas perderam a vida no K2, um dos picos mais perigosos do mundo no nordeste do Paquistão. O último acidente mortal deu-se em 1995, quando seis alpinistas perderam a vida durante uma tempestade.