Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Diplomacia luta pelo fim das hostilidades na Ossétia do Sul

Diplomacia luta pelo fim das hostilidades na Ossétia do Sul
Tamanho do texto Aa Aa

A presidência francesa da União Europeia pressionou a Rússia a aceitar a proposta de cessar-fogo dos georgianos. O ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Bernard Kouchner, viaja, domingo, para a Geórgia, com uma proposta para ultrapassar a crise.

“Os 27 países da União Europeia estão firmemente determinados a pedir o fim imediato dos conflitos e a retirada das forças para as posições que prevaleciam anteriormente”, disse Kouchner, em entrevista a um canal televisivo francês.

Paris convocou ainda uma reunião extraordinária dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia para o início da próxima semana.

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse acreditar numa solução pacífica e pediu a Moscovo para colaborar com a diplomacia internacional.

E o Conselho de Segurança da ONU não emitiu, no sábado, uma declaração conjunta para pedir o cessar-fogo, por falta de consenso entre os seus membros.