A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Morreu o poeta dos palestinianos

 Morreu o poeta dos palestinianos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Morreu Mahmud Darwich, que não resistiu a complicações resultantes da operação de coração aberto, a que tinha sido submetido, na quarta-feira, num hospital de Houston.
Mas Darwich tinha vencido a morte em duas outras cirurgias ao coração. Disso mesmo se gabou num poema escrito após a segunda, intitulado “Morte venci-te”.

Escreveu mais de 20 livros de poesia e cinco de prosa, traduzidos em mais de 20 idiomas.
Nasceu em 1941 na Galileia, então pertencente à Palestina. Quando tinha sete anos, teve que fugir para o Líbano, após o nascimento do Estado de Israel.

Voltou a viver nos territórios palestinianos, onde era constantemente detido pelas autoridades israelitas, por causa dos textos que escrevia e da sua actividade política.