A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Ucrânia ameaça interditar o regresso da frota russa

 Ucrânia ameaça interditar o regresso da frota russa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Ministro dos negócios estrangeiros ucraniano afirmou hoje que pode vir a não permitir que a frota russa, estacionada no Mar Negro, retorne ao seu país através das águas territoriais da Ucrânia.

Os navios de guerra russos estão posicionados ao longo das fronteiras marítimas da Geórgia. A criação deste bloqueio por parte da Rússia tem o objectivo de impedir os georgianos de receberem armas.

Paralelamente, mais dez mil soldados russos foram enviados para a Geórgia, avançou hoje Tbilissi em comunicado.

Seis mil desses militares entraram durante a última noite na república separatista pelo túnel de Roki. Segundo um comunicado georgiano os militares entraram a partir da república russa da Ossétia do Norte.