Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Saakashvilli acusa Rússia de querer mudar o regime de Tbilissi

 Saakashvilli acusa Rússia de querer mudar o regime de Tbilissi
Tamanho do texto Aa Aa

Depois do não da Rússia ao cessar-fogo proposto pela Georgia, as acusações voltam a subir de tom. O presidente georgiano anunciou hoje em conferência de imprensa que o Kremlin está a tentar levar a cabo uma limpeza étnica. Saakashvilli voltou a acusar Moscovo de querer anexar parte do território georgiano e de tentar “levar a cabo uma mudança de regime em Tbilissi, a mudança de um governo que foi democraticamente eleito”.

O chefe da diplomacia francesa e o chefe de estado georgiano visitaram esta manhã a cidade de Gori, a 60 quilómetros da capital, recentemente bombardeada pelas forças russas. Durante o passeio foi anunciado um alerta de raide aéreo, provocando o pânico entre as comitivas. Apesar do susto, o presidente georgiano e Bernard Kouchner não sofreram qualquer ferimento.