Última hora
This content is not available in your region

Tropas russas mantém-se firmes na Geórgia

Tropas russas mantém-se firmes na Geórgia
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia mantém uma presença militar significativa em território georgiano. Para além dos milhares de soldados mobilizados nas regiões separatistas, Moscovo mantém tanques e tropas no interior ou na proximidade de várias cidades.

Segundo o ministro do Interior georgiano, a polícia está a negociar com os soldados russos a retirada de Gori, a 25 quilómetros da Ossétia do Sul. A televisão russa divulgou imagens de armas e equipamento militar alegadamente abandonado pelas forças georgianas em Gori.

O presidente sul-osseta afirmou, entretanto, que a região separatista foi “esvaziada” de toda a população civil georgiana.

Segundo testemunhas e autoridades da Geórgia, as forças russas ocupam as localidades de Zugdidi, Senaki e a cidade portuária de Poti, onde terão destruído infraestruturas militares e desmantelado instalações da Marinha georgiana.

A ONG Human Rights Watch acusou a Rússia de usar bombas de fragmentação em zonas habitadas, o que é desmentido por Moscovo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.