Última hora
This content is not available in your region

Obama quer unir partido democrata

 Obama quer unir partido democrata
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de escolher Joe Biden para vice-presidente, Barack Obama tem um outro desafio: unir os democratas.

A Convenção do partido começa, hoje, em Denver, no Colorado e deverá permitir ao senador por Illinois acabar com querelas internas e fortalecer a posição frente ao republicano John MCcain.

Aquela que poderá ser a futura primeira dama americana negra chegou, este domingo, a Denver onde cerca de quatro mil delegados vão confirmar até quinta-feira a investidura de Obama.

O discurso está marcado para quinta-feira, perante mais de 75 mil democratas, 45 anos depois do “sonho” de Martin Luther King.

Uma sondagem do Washington Post revela que 70% dos apoiantes de Hillary Clinton deverão votar em Obama, enquanto 20% admitem escolher MCcain.

Hillary Clinton que depois de Obama perdeu para Biden não mostrou ressentimentos. Disse conhecer bem o político de 65 anos a quem atribuiu um papel de destaque na luta pela justiça económica e social e pediu apoio para Barack Obama.

Apoio que muitos norte-americanos estão disposto a dar em troca da retirada das tropas do Iraque.

Cerca de um milhar de pessoas sairam à rua, em Denver, para exigir que o candidato democrata na corrida à Casa Branca mantenha a palavra no que toca à política anti-guerra.