Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Parlamento russo vota a favor da independência

 Parlamento russo vota a favor da independência
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Duma, câmara baixa do Parlamento russo, aprovou hoje uma resolução a favor da independência das repúblicas separatistas georgianas.

O voto não tem caracter vinculativo, mas promete aumentar a tensão entre a Rússia e o Ocidente.

O Senado russo antecipou-se à Duma, aprovando, por unamidade, horas antes um apelo ao Presidente do país, para que reconheça a independência dos territórios.

Entre os argumentos apresentados pelo presidente da Abcásia para a independência está o futuro dos povos e o desenvolvimento do Cáucaso. A Rússia, adianta, “tem em mãos a hipótese se dar início a este futuro” até porque “não existe outro caminho para a Ossétia do Sul e para a Abcásia.”

A decisão cabe, agora, ao Chefe de Estado Dmitri Medevedev. Moscovo enviou tropas para a Geórgia no passado dia 8 de Agosto, em resposta uma acção militar de Tbilissi na Ossétia do Sul.

O presidente georgiano diz que a tentativa de mudar as fronteiras europeias por via da força é um acto grave com resultados desastrosos.

Os Estados Unidos colocam-se ao lado da Geórgia e insistem que a situação no Cáucaso é diferente do Kosovo.

Argumentos que não convencem os habitantes das repúblicas separatistas, que nos últimos dias têm multiplicado as manifestações a favor da independência dos territórios.