Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Michelle Obama: "Acredito que o meu marido vai ser um presidente extraordinário"

 Michelle Obama: "Acredito que o meu marido vai ser um presidente extraordinário"
Tamanho do texto Aa Aa

Michelle Obama foi a estrela do primeiro dia da convenção democrata em Denver, no Colorado.

A mulher do candidato à Casa Branca fez um discurso de união, muito dirigido à classe trabalhadora norte-americana, numa clara tentativa de afastar as críticas dos republicanos, que a acusam de ser pouco patriótica e elitista.

A advogada de 44 anos, mãe de duas filhas disse estar ali na qualidade “de uma mulher que ama o seu marido”, que será um “presidente extraordinário”.

“Barack e eu fomos criados com os mesmos valores: é preciso trabalhar para conseguirmos o que queremos na vida; a nossa palavra é sagrada e devemos cumprir aquilo que dizemos; é preciso tratar as pessoas com dignidade e respeito, mesmo que não as conheçamos ou que não estejamos de acordo com elas”, disse Michelle Obama.

Um discurso emocionado e muito aplaudido que no final ganhou um tom ainda mais familiar. Barack Obama, que está no Kansas, falou com as duas duas filhas e com a mulher através de uma ligação de satélite.