Última hora
This content is not available in your region

UE exige retirada das tropas russas da Geórgia

 UE exige retirada das tropas russas da Geórgia
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia deve retirar as suas tropas do território georgiano. Essa é a vontade expressa pelos chefes de Estado e de Governo da União Europeia que endurecem o discurso ao Kremlin.

Enquanto isso não acontecer estão congeladas as negociações do acordo de parceria.

No final da reunião extraordinária, realizada em Bruxelas, o grupo dos 27 afirmou que se irá “manter vigilante” sobre tipo de relação que manterá com a Rússia.

“Esta reunião não é direccionada contra a Rússia, contudo é claro que o seu comportamento nas últimas semanas com uma reacção militar desproporcionada, com o reconhecimento da independência de duas regiões separatistas e a manutenção de tropas em território da Geórgia deu azo a uma profunda preocupação na Europa e outros países” afirmou o presidente em exercício da UE, Nicolas Sarkozy.

Para o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso o momento é de cautela mas não fecha as portas a um entendimento.

“À luz de eventos recentes não podemos seguir como se nada tivesse acontecido. É por essa razão que o presidente Sarkozy, o Javier Solana e eu iremos a Moscovo e a Tiblisi na próxima segunda feira”, disse.

O diálogo prossegue. Para a semana, no dia 8 de Setembro os Presidentes francês, Nicolas Sarkozy e russo Dimitri Medvedev reúnem-se em Moscovo para mais uma ronda de conversações.