A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cheias causam catástrofe na Índia

Cheias causam catástrofe na Índia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As cheias na Índia obrigaram mais de três milhões de pessoas a abandonarem as suas casas. Pelo menos noventa pessoas perderam a vida nas piores inundações dos últimos cinquenta anos no leste do país.

O governo lançou um apelo aos doadores internacionais e afirma que precisa do mesmo nível de ajuda que foi atribuído para responder à catástrofe causada pelo tsunami em 2004.

O mau tempo e a chuva têm dificultado as operações de resgaste.

Só no estado do Bihar, no leste da Índia, foram socorridas seiscentas mil pessoas mas trezentos e cinquenta mil continuam sem água potável e alimentos.

Mais de cem mil hectares de terrenos agrícolas foram destruídos.

Todos os anos entre Junho e setembro o norte e o leste do subcontinente indiano sofrem o drama das cheias mas desta vez a tragédia não tem apenas causas naturais.

Os especialistas e as agências humanitárias acusam o governo do Bihar de negligência. Segundo um jornal local, os alertas foram ignorados porque o responsável pela recepção encontrava-se de férias.

O nível das águas não deverá baixar nas próximas semanas e as autoridades admitem não ter recursos suficientes para as operações de ajuda.