Última hora

800 mil pessoas abandonam casas em Cuba devido ao furacão Ike

800 mil pessoas abandonam casas em Cuba devido ao furacão Ike
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 800 mil pessoas abandonaram as suas habitações em Cuba devido à passagem do furacão Ike. Mas segundo o especialistas o ciclone começa a perder força. Numerosas casas foram destruídas pelos ventos fortes e pelas chuvas torrenciais.

De acordo com o Instituto de Meteorologia cubano, o Ike entrou no país pelo leste, às duas da manhã, hora local. Segundo especialistas norte-americanos, o ciclone dirige-se para o Golfo do México e deverá atingir a costa dos Estados Unidos, na Florida e na Luisiana.

No Haiti, as intempéries afectaram centenas de milhares de pessoas. As tempestades Gustav e Hanna causaram a morte a pelo menos 577 pessoas, além de pesados estragos materiais.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.