Última hora
This content is not available in your region

Central alemã começa produção de energia limpa

Central alemã começa produção de energia limpa
Tamanho do texto Aa Aa

Esta terça-feira entrou em funcionamento no leste da Alemanha a primeira central eléctrica a carvão nâo poluente do planeta.

A nova tecnologia utiliza um sistema de recolha e armazenamento das emissões de carbono num espaço geológico subterrâneo.

Um investimento de 40 milhões de euros muuito criticado pelos ambientalistas, mas que a direcção da empresa Vattenfall, responsável pelo projecto, desvaloriza. “O argumento, segundo o qual esta tecnologia está apenas a encobrir a poluição, é um completo disparate”, afirmou Lars Goran Josefsson, presidente do conselho de administração da companhia.

Os activistas pro-ambiente querem que o novo processo, que nunca foi testado comercialmente, seja adiado, como sublinhou Daniela Satton da Aliança para o Clima, “ estamos a pedir uma moratória do carvão. Uma moratória sobre a construção de novas centrais a carvão na Alemanha até que esta tecnologia esteja livre de dúvidas e se tenha provado que funciona, que não há riscos”, concluiu.

Os responsáveis do gigante energético sueco Vattenfall garantem que as centrais dotadas da nova tecnologia impedirão a emissão para a atmosfera de 90 por cento dos gase nocivos. Se o projecto for bem sucedido na Alemanha, a UE pretende instalar o sistema em todas as centrais eléctricas até 2020.