Última hora
This content is not available in your region

EUA recordam vítimas do 11 de Setembro

 EUA recordam vítimas do 11 de Setembro
Tamanho do texto Aa Aa

Sete anos após a tragédia, os Estados Unidos recordam as vítimas dos ataques de onze de Setembro de 2001.

Segundo a tradição, a homenagem em Nova Iorque incluiu cânticos e a leitura do nome de cada uma das quase três mil pessoas que perderam a vida nos atentados mais mortíferos da história.

Este ano, as comemorações contam com a presença dos candidatos à presidência dos Estados Unidos. O democrata Barack Obama e o republicano John McCain vão atravessar o Ground Zero em silêncio.

Por seu turno, George W. Bush, participou na homenagem nos jardins da Casa Branca, em Washington.

O chefe de Estado norte-americano inaugurou um memorial no Pentágono onde morrerram quarenta pessoas nos atentados de 2001.

Bush afirmou que “graças aos homens e mulheres de coragem que trabalham em prol da segurança do país não houve qualquer atentado nos últimos 2257 dias”.

As cerimónias oficiais de homenagem estendem-se ainda à Pensilvânia, onde os atentados provocaram a morte de 184 pessoas.