Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Gigante AIG em risco de abrir falência

Gigante AIG em risco de abrir falência
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O horizonte no sistema financeiro norte-americano não é de bonança. Pelo contrário, existem receios de um agravamento com maiores consequências globais.

A maior seguradora norte-americana, a AIG, American Internactional Group, está a lutar pela sobrevivência principalmente depois de três agências de notação terem revisto em baixa a solidez financeira da instituição. Um nota que coloca em causa o plano da AIG em captar 70 mil milhões de dolares para continuar a operar. Em marcha estão pedidos de empréstimo à reserva federal, ao Goldman Sachs e ao JPMorgan.

Após a falência do Lehman Brothers e a compra do Merril Linch pelo Bank of America, reguladores do governo e banqueiros de Wall Street têm-se reunido consecutivamente.

Na segunda-feira, o secretário do Tesouro, Henry Paulson, procurou transmitir confiança ao sublinhar que estão a “resolver excessos do passado mas que o sistema financeiro é sólido e resistente”.

A reserva federal norte-americana excluiu ajudar a AIG.

Na União Europeia, o BCE decidiu injectar 70 mil milhões de euros no mercado monetário para apaziguar tensões ligadas à crise norte-americana.