A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Extrema-direita europeia organiza protesto contra "islamização da sociedade"

Extrema-direita europeia organiza protesto contra "islamização da sociedade"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Membros da extrema-direita europeia reúnem-se este fim de semana em Colónia para protestar contra o que apelidam de “islamização da sociedade”.

Uma manifestação rodeada de fortes medidas de segurança face às vinte contra-manifestações já anunciadas, nomeadamente da parte da Igreja e dos sindicatos.

O presidente da câmara de Colónia organizou uma iniciativa para promover o diálogo e a tolerância.

“O encontro tem a ver com a construção da mesquita e eles estão a criar medo, difamação e discriminação. Na verdade a grande maioria das pessoas e dos políticos da cidade não deseja essa manifestação”, afirmou Fritz Schramma.

O presidente da câmara é um dos apoiantes da construção da grande mesquista de Colónia que terá dois minaretes de 55 metros e capacidade para acolher dois mil fiéis.

Um habitante de Colónia afirmou que é “discrimatório falar em manifestação anti-Islão porque toda a gente tem o direito de praticar a sua religião”.

Segundo uma sondagem recente 50% dos alemães tem um opinião negativa sobre os muçulmanos. Essa percentagem sobe para 52%no caso dos espanhóis mas não ultrapassa os 25% entre os britânicos.