Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Polícia alemã proíbe manifestação "anti-islamização" por razões de segurança

 Polícia alemã proíbe manifestação "anti-islamização" por razões de segurança
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia cancelou a conferência da extrema-direita
em Colónia por razões de segurança.

A iniciativa que visava denunciar a alegada islamização da sociedade degenerou em violência logo pela manhã.

Militantes de extrema-esquerda envolveram-se em confrontos com a polícia.

A iniciativa da extrema-direita foi alvo de fortes críticas por parte da câmara municipal, da Igreja e dos sindicatos que apelaram à população para sair à rua em defesa do diálogo e da tolerância.

Um apelo ao qual responderam 40 mil pessoas que protestaram pacificamente contra o que apelidam de xenofobia.

Na base da controvérsia está o projecto para a contrução da grande mesquita de Colónia.

O local de culto que terá dois minaretes e capacidade para acolher quatro mil fiéis é visto pelos partidos radicais como um símbolo de islamização da Europa.

A Alemanha conta com mais de três milhões de muçulmanos, que representam cerca de 4% da população.