Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Tensão crescente entre Washington e Islamabad

Tensão crescente entre Washington e Islamabad
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As relações entre Washington e Islamabad atravessam um período de tensão. Os Estados Unidos acusam as forças paquistanesas de terem disparado sobre helicópteros da NATO.

O governo paquistanês nega as acusações e alega que os militares não dispararam, limitaram-se a lançar foguetes de iluminação para mostrar a fronteira. Islamabad acusa as forças norte-americanas de lançar incursões militares sobre o seu território.

Num discurso diante da assembleia geral da ONU, em Nova Iorque, o recém-eleito presidente paquistanês fez saber que não permitirá a violação da sua soberania.

Asif Ali Zardari considerou que as acções militares norte-americanas “não ajudam a eliminar a ameaça terrorista e podem mesmo ter o efeito oposto”.

Os Estados Unidos têm lançado uma série de ofensivas na fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão contra a al Qaida e grupos talibãs.