Última hora
This content is not available in your region

Colonização israelita na Cisjordânia debaixo de fogo na ONU

 Colonização israelita na Cisjordânia debaixo de fogo na ONU
Tamanho do texto Aa Aa

A colonização israelita nos territórios palestinianos foi o tema de discussão no último conselho de segurança das Nações Unidas.

Os representantes do Quarteto para o Médio Oriente que conseguiu retomar as negociações de paz estão confiantes num acordo até ao final do ano.

Mas Estados Unidos, União Europeia, Rússia e ONU apontaram o dedo a Israel nesta reunião.

Tudo está a ser feito para criar um Estado palestiniano, no entanto Israel continua a construir casas na Cisjordânia o que para muitos responsáveis impede o progresso económico da região.

Segundo o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, com os actuais colonatos a Cisjordânia está dividida em quatro cantões.

O secretário geral da Liga Árabe explicou que a escalada de construção de casas israelitas em território palestiniano chegou a um ponto de poder matar qualquer esperança de viabilizar um Estado palestiniano.

Os representantes do Quarteto exigiram a Israel que cesse quaquer construção e que desmantele os colonatos que começaram a ser edificados em 2001.

Israel não respondeu, o país encontra-se numa fase de incertezas, depois da saída do ainda chefe de governo Ehud Olmert.

Mas Abbas reuniu-se com o presidente Shimon Peres que se mostrou confiante num acordo, mas só no próximo ano.