A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Hypo Real Estate e Fortis ainda em maus lençóis

 Hypo Real Estate e Fortis ainda em maus lençóis
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto em Paris, os líderes das maiores economias europeias tentavam encontrar soluções para a crise, esta mesma crise continuava a fazer vítimas.

O Hypo Real Estate anunciou em comunicado o fracasso do plano de emergência de 35 mil milhões de euros, que foi concertado com o governo alemão para que pudesse continuar em actividade.

O banco, uma das maiores instituições financeiras da Alemanha, afirmou estar a “avaliar as consequências” desta situação para o grupo enquanto são procuradas outras medidas para ultrapassar o fracasso do plano inicial.

Depois da nacionalização dos activos do Fortis na Holanda, os governos belga e luxemburguês estão a estudar várias possibilidades para o futuro da instituição bancária e seguradora.

O primeiro-ministro belga, Yves Leterme, não excluiu a nacionalização por parte do governo de Bruxelas dos activos belgas do Fortis. Uma aquisição parcial por parte do francês BNP Paribas também não é excluída.