Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Hypo Real Estate e Fortis ainda em maus lençóis

 Hypo Real Estate e Fortis ainda em maus lençóis
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto em Paris, os líderes das maiores economias europeias tentavam encontrar soluções para a crise, esta mesma crise continuava a fazer vítimas.

O Hypo Real Estate anunciou em comunicado o fracasso do plano de emergência de 35 mil milhões de euros, que foi concertado com o governo alemão para que pudesse continuar em actividade.

O banco, uma das maiores instituições financeiras da Alemanha, afirmou estar a “avaliar as consequências” desta situação para o grupo enquanto são procuradas outras medidas para ultrapassar o fracasso do plano inicial.

Depois da nacionalização dos activos do Fortis na Holanda, os governos belga e luxemburguês estão a estudar várias possibilidades para o futuro da instituição bancária e seguradora.

O primeiro-ministro belga, Yves Leterme, não excluiu a nacionalização por parte do governo de Bruxelas dos activos belgas do Fortis. Uma aquisição parcial por parte do francês BNP Paribas também não é excluída.