A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Frota russa faz escala na Líbia

 Frota russa faz escala na Líbia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os navios russos que vão realizar manobras conjuntas com a marinha venezuelana são esperados este domingo em Tripoli, a capital líbia, onde vão fazer escala.

A frota de quatro vasos de guerra, que conta com um total de mil marinheiros e que partiu da base de Severomorsk, no Árctico, no dia 22 de Setembro, é liderada pelo navio nuclear “Pedro, o Grande”.

Para já a grande preocupação da marinha russa é a passagem pelo estreito de Gibraltar. O comandante da frota, Vladimir Yakushev, refere que “o número de barcos que atravessa Gibraltar por dia é de 120. A intensidade do tráfego é a principal dificuldade” na rota para Trípoli.

As manobras russo-venezuelanas deverão começar em Novembro em águas territoriais da Venezuela. A medida é vista como uma provocação aos Estados Unidos, que tem relações cada vez mais tensas com os dois países.