Última hora
This content is not available in your region

Governo britânico tenta evitar colapso financeiro

Governo britânico tenta evitar colapso financeiro
Tamanho do texto Aa Aa

Alerta financeiro na Grã-Bretanha, onde o Governo de Gordon Brown anunciou um plano para evitar o colapso da economia.

As medidas seguem-se a dias de pressão intensa após os quais alguns bancos britânicos perderam quase metade do seu valor na bolsa.

O primeiro-ministro justificou as medidas ao afirmar que “bancos bons e fortes são essenciais para cada família e para cada empresa do país” adiantando que “tempos de excepção exigem as medidas claras e extensas anunciadas pelo tesouro”.

O ministro das finanças Alistair Darling anunciou a injecção de 50 mil milhões de euros, ou seja cerca de 62 mil milhões de euros, para tentar relançar a confiança no sector financeiro. “Faremos tudo o que pudermos, o que for preciso, para assegurar a estabilidade, e tentamos seguir em frente durante este período tão turbulento”, disse.

O plano de recapitalização, que corresponde a uma nacionalização parcial, abrange oito bancos britânicos, entre os quais se encontram o HSBC, o Lloyds TSB ou o Royal Bank of Scotland. A medida avançada pelo Tesouro britânico (ministério das Finanças) inclui ainda uma linha de crédito de 200 mil milhões de libras.