Última hora
This content is not available in your region

CE apresenta proposta ambiciosa sobre compras em linha

CE apresenta proposta ambiciosa sobre compras em linha
Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma proposta ambiciosa a que apresentou a Comissão Europeia, esta quarta-feira, em Bruxelas. Trata-se de um projecto de lei que tem como objectivo tornar as compras em linha mais seguras e mais rápidas para os consumidores dos Vinte e Sete Estados-membros.

A comissária europeia responsável pela pasta, Meglena Kuneva, considerou a medida como “a mais importante em termos de protecção dos consumidores dos últimos 30 anos” e explicou que “os produtos têm que ser entregues num prazo de 30 dias em qualquer Estado-membro. Há novas regras em relação aos danos provocados durante o transporte. Quanto às entregas em atraso ou em caso de não entrega o consumidor passa a ter o direito de receber o dinheiro no prazo de sete dias.”

O novo texto, a ser aprovado, vai simplificar a legislação europeia relativa às compras em linha, ao juntar numa só os principais conteúdos de quatro directivas. O principal objectivo de Bruxelas é proteger o consumidor que compra habitualmente em sítios da internet de outros Estados-membros.