Última hora
This content is not available in your region

NATO aprova combate ao narcotráfico afegão

NATO aprova combate ao narcotráfico afegão
Tamanho do texto Aa Aa

Os membros da NATO aprovaram pela primeira vez uma estratégia de combate à produção e ao tráfico de heroína provenientes do Afeganistão.

Os ministros da Defesa dos países membros estão reunidos desde quinta-feira em Budapeste. Após um impasse inicial as discussões resultaram num acordo embora alguns países como a Alemanha continuem a hesitar em lançar militares contra o narcotráfico.

Com uma receita anual de 60 a 80 milhões de dólares, a heroína é a principal fonte de financiamento do movimento armado talibã que continua a resistir às forças coligadas da Aliança Atlântica e dos Estados Unidos em território afegão.

Washington entregou aos aliados uma lista de requerimentos que inclui mais 10 a 12 mil tropas de combate e helicópteros.