A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Principais índices europeus moderam perdas após queda drástica no início da sessão

Principais índices europeus moderam perdas após queda drástica no início da sessão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ligeira acalmia do pânico sentido esta manhã nas bolsas europeias. A meio da sessão, os principais índices do Velho Continente encontravam-se ainda no vermelho, embora alguns tenham recuperado ligeiramente das perdas drásticas que sofreram na abertura.

Poucos minutos depois do início das transacções, Paris, Frankfurt e Londres chegaram a perder mais de 5%. Mas a meio do dia, Londres perdia 2,27%, Paris 2,84% e Frankfurt 1,36%.

Lisboa seguiu a tendência das congéneres europeias. Na abertura perdeu 0.92. Descida que se acentuou com o avançar das transacções. A meio da sessão perdia já 4,3%.

Os mercados europeus reagem aos maus resultados da economia americana revelados ontem. Depois dos receios com o futuro do sistema bancário, os investidores temem agora a recessão, como ficou demonstrado com o afundamento das bolsas asiáticas. Por exemplo, o índice Nikkei registou a segunda maior perda desde 1984. A bolsa de Tóquio fechou a perder 11,4%.