Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Morales e oposição chegam a acordo para referendar nova Constituição

 Morales e oposição chegam a acordo para referendar nova Constituição
Tamanho do texto Aa Aa

Vitória parcial de Evo Morales. O presidente da Bolívia e a oposição chegaram a um acordo para a convocação de um referendo sobre as alterações constitucionais. Foi o próprio chefe de Estado que anunciou o acordo aos cem mil apoiantes reunidos em La Paz, após sete dias de marcha pelo país.

Segundo Morales, a oposição aceita a convocação de um referendo sobre a nova Constituição já em Janeiro e novas eleições legislativas 11 meses depois. Em contrapartida, o chefe de Estado aceitou recandidatar-se só a mais um mandato.

O entendimento obtido poderá servir para pacificar o país, sobretudo, depois das violentas manifestações das últimas semanas.

A oposição de direita considerava que a nova Constituição dava demasiados poderes de Evo Morales. A nova Carta Magna, que deverá entrar em vigor só em 2011, reforça também os poderes do povo indígena e estabelece os princípios da economia socialista.