A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rússia, Irão e Qatar formam "cartel do gás"

 Rússia, Irão e Qatar formam "cartel do gás"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia planeia, juntamente com o Irão e com o Qatar, formar um grupo de produtores de gás, para discutir parcerias e ter maior influência no mercado. Os três países são responsáveis por mais de metade da produção mundial.

O anúncio foi feito durante a visita a Teerão do presidente do gigante russo Gazprom, Alexei Miller. A Gazprom é a grande impulsionadora deste futuro clube.

“Tendo em conta que a Rússia, o Irão e o Qatar possuem três quintos das reservas mundiais de petróleo, decidimos manter-nos em contacto, próximo e regular, uns com os outros, no futuro”, disse Miller.

O ministro russo da energia, Serguei Shmatko, desmentiu que o grupo tenha intenções de ser um cartel ou uma “OPEP do gás”.

Entretanto, a Rússia anunciou também a intenção de colaborar mais estreitamente com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, de que não faz parte, apesar de ser um dos maiores produtores mundiais. O presidente em exercício da OPEP está em Moscovo para negociações com os russos.