A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Greve geral e protestos nas ruas de Atenas

 Greve geral e protestos nas ruas de Atenas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Fortes perturbações nos meios de transporte; hospitais a meio gás; Escolas, correios e bancos encerrados – a Grécia esteve paralisada face a uma greve geral organizada por duas das maiores centrais sindicais.

A paralisação foi convocada para protestar contra a política económica do governo, considerada anti-social pelos contestatários, nomeadamente os impostos elevados, a reforma das pensões e as privatizações.

Atenas foi palco de duas manifestações. Uma com cerca de 20 mil pessoas decorreu de forma ordeira.

A outra manifestação foi mais violenta. A multidão envolveu-se em confrontos com a polícia, obrigada a recorrer a gás lacrimogéneo.