A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Medvedev avisa Arménia que Nagorno Karabach tem de ser desbloqueado

 Medvedev avisa Arménia que Nagorno Karabach tem de ser desbloqueado
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A segurança no Cáucaso e o eterno problema do enclave de Nagorno Karabach são os dois principais temas de discussão entre os presidentes russo e arménio.

Dmitri Medvedev deslocou-se a Erevan para uma visita oficial e inauguração da Praça da Rússia na capital.

A Arménia é o grande aliado de Moscovo no Cáucaso, alberga uma base militar russa, mas as relações azedaram em Agosto quando as autoridades de Erevan apoiaram Tbilissi no conflito da Ossétia do Sul.

A resposta de Moscovo surgiu agora. A Rússia quer que a Arménia resolva de uma vez por todas a questão de Nagorno Karabach, o enclave arménio no Azerbeijão.

A Rússia faz pressão para que a Arménia desbloqueie o problema e saia do isolamento internacional. As relações com a Turquia, aliada do Azerbeijão, continuam cortadas e a fronteira comum encerrada. Trinta mil pessoas morreram no início dos anos 90 na guerra entre os dois países.

As relações diplomáticas não deverão ser retomadas até que se chegue a acordo sobre os massacres arménios no início do século XX. Erevan qualifica-os como genocídio provocado pelo antigo Império Otomano, Ancara recusa a acusação.