Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Bolsas fecham em queda

 Bolsas fecham em queda
Tamanho do texto Aa Aa

Esta terça-feira foi um dia de correcção para os mercados, com a grande maioria das bolsas da Europa a terminar o dia com descidas superiores a 1%. A única excepção a eastas descidas foi o índice CAC 40, de Paris, que fechou a ganhar 0,3%, graças ao plano agora apresentado de ajuda aos bancos.

Para os analistas, só a acção dos governos está a devolver algum ânimo às bolsas: “As autoridades, governos e bancos centrais continuam a injectar dinheiro, a cortar as taxas de juro ou a delinear novos planos, como reduções fiscais, para fazer com que a recessão seja menor que a que esperávamos”, diz Howard Wheeldon, da BGC Partners.

O PSI 20, da bolsa lisboeta, fechou em linha com os outros índices, a perder cerca de 2%. O índice lisboeta foi penalizado por quedas nos três pesos-pesados, BCP, EDP e Portugal Telecom, que fecharam todos com descidas de mais de 2%.

No mercado cambial, o euro esteve a caír face ao dólar. A moeda europeia está agora abaixo de 1,32, um novo mínimo de ano e meio. Isto devido a um aumento da procura da divisa americana.