Última hora

Última hora

Obama aposta em vídeo de campanha de 30 minutos

Em leitura:

Obama aposta em vídeo de campanha de 30 minutos

 Obama aposta em vídeo de campanha de 30 minutos
Tamanho do texto Aa Aa

Trinta minutos no horário nobre de três das principais cadeias televisivas norte-americanas.

Foi esta a aposta de Barack Obama num vídeo que chegou esta noite a milhões de lares nos Estados Unidos com o objectivo de, como sublinhou a campanha democrata, “precisar o programa” do seu candidato à Casa Branca.

O “apelo” democrata custou mais de três milhões de dólares e foi realizado por Davis Guggenheim, vencedor de um Óscar pelo documentário de Al Gore, “Uma Verdade Inconveniente”.

Obama anunciou esta quarta-feira que poderá integrar republicanos num futuro Governo.

Uma declaração feita na Flórida, Estado onde o candidato democrata participou num comício tardio com Bill Clinton.

A aparição em Orlando constitui o primeiro acto conjunto de campanha do senador do Illinois e do ex-presidente norte-americano.

Também na Flórida, o candidato republicano aproveitou a difusão do “spot televisivo” de Obama para atacar o adversário.

John McCain disse que o rival “assumiu o compromisso de financiar a campanha com fundos públicos”, mas “quando foi do seu interesse quebrar essa promessa, atirou-a para o lado como se não fosse nada”.

McCain afirmou ainda que Obama “é o primeiro candidato desde o escândalo Watergate a abandonar o sistema de financiamento público”.

A seis dias das presidenciais, Obama continua a liderar em todas as sondagens.