Última hora
This content is not available in your region

Manifestação contra presidente reúne dez mil pessoas na capital georgiana

 Manifestação contra presidente reúne dez mil pessoas na capital georgiana
Tamanho do texto Aa Aa

Dez mil pessoas saíram hoje à rua na capital da Georgia para protestar contra o presidente Mikheil Saakashvili. Reunidos em frente ao parlamento em Tbilissi, os manifestantes exigem eleições antecipadas. Há um ano, Saakashvili viu-se obrigado a antecipar as presidenciais depois de as autoridades terem dispersado violentamente uma manifestação na capital.

Mais uma vez a oposição promete não arredar pé das ruas. “Estamos a pedir eleições livres na Primavera, com meios de comunicação social, tribunais e legislação livres. Hoje queremos começar uma nova campanha, nas ruas, contra Saakhasvili”, disse o líder da oposição, Levan Gachechiladze.

O chefe de Estado georgiano assumiu o poder em 2003 na sequência da “revolução rosa”, com promessas de aproximar a ex-república soviética do Ocidente. Mas as críticas ao regime subiram de tom após a derrota contra os russos na Ossétia do Sul, um conflito que causou dezenas de milhares de deslocados e prejudicou a economia do país.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.