Última hora

Última hora

Última homenagem às vítimas do acidente do submarino nuclear russo

Em leitura:

Última homenagem às vítimas do acidente do submarino nuclear russo

 Última homenagem às vítimas do acidente do submarino nuclear russo
Tamanho do texto Aa Aa

Doze das vinte pessoas que perderam a vida a bordo do Nerpa trabalhavam no estaleiro de Komsomolsk-sur-Amour, no extremo oriente da Rússia.

Cerca de três mil pessoas, entre colegas de trabalho e familiares juntaram-se no centro da cidade para um último adeus às vítimas.

O acidente ocorreu no sábado no mar do Japão. O submarino estava a ser testado para ser alugado à Índia por várias centenas de milhões de euros.

As vítimas, três militares e dezassete civis, morreram asfixiados depois de inalarem o gás libertado pelo sistema anti-incêndio.

A imprensa russa avança a hipótese de uma falha informática já que segundo as autoridades não se registou qualquer incêndio a bordo.