Última hora
This content is not available in your region

UE atribui mil milhões de euros aos agricultores dos países pobres

 UE atribui mil milhões de euros aos agricultores dos países pobres
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia vai atribuir mil milhões de euros aos agricultores dos países pobres.

Os ministros das Finanças dos 27 chegaram a acordo para desbloquear a soma que será atribuída em três fatias até 2010.

Já este ano, serão canalizados 262 milhões de euros que servirão sobretudo para financiar a compra de sementes e de adubos.

A presidência francesa da União Europeia anunciou que os 27 assumiram “o compromisso de dar uma resposta concreta à crise alimentar”.

A soma em causa faz parte de um fundos da União Europeia destinado a necessidades imprevistas.

Para viabilizar a operação, os Estados-membros terão de injectar 240 milhões de euros no fundo de reserva em 2009. Foi a condição imposta pelo parlamento europeu para aprovar o mecanismo de financiamento.

Os ministros do Tesouro chegaram ainda a acordo sobre o orçamento para 2009 que deverá rondar os 116 mil milhões de euros.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.