Última hora

Rússia está de regresso a Cuba

 Rússia está de regresso a Cuba
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia está de regresso a Cuba, a sua grande aliada na época da União Soviética e que durante a guerra fria quase ajudou Moscovo a colocar os Estados Unidos em “cheque”.

Esta quinta-feira, o presidente russo visitou Havana onde foi recebido pelo homólogo Raul Castro. Uma visita que, para além de dar a conhecer a Medvedev a cidade e uma recém-inaugurada igreja cristã ortodoxa, permitiu oficializar acordos de cooperação no domínio da energia, do comércio e da segurança.

Parcerias que estão igualmente a ser preparadas ou já foram assinadas com outros países da América do Sul, como os que Medvedev visitou neste périplo: Peru, Brasil e Venezuela. Charme russo numa região de tradicional influência norte-americana, numa altura de relações tensas entre Moscovo e Washington.

À semelhança da Venezuela, Cuba faz parte das nações que se opõem de forma feroz aos Estados unidos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.