Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Tragédia de Bombaim chega ao fim

 Tragédia de Bombaim chega ao fim
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades indianas deram por concluído o assalto ao hotel Taj Mahal em Bombaim, último foco de resistência dos activistas islamistas.

Segundo o chefe da polícia, as forças especiais eliminaram os atacantes que ainda estavam barricados no estabelecimento, depois de uma noite e manhã marcadas por tiroteios intensos e explosões, seguidos por um incêndio no mítico hotel.

Os ataques na capital económica da Índia, que se prolongaram por 60 horas, saldam-se para já em 195 mortos – entre os quais duas dezenas de estrangeiros – e mais de 300 feridos.

Ontem, as forças especiais já tinham assumido o controlo do hotel Oberoi-Trident e do complexo religioso judaico no centro da cidade.

Segundo as autoridades, nove dos dez extremistas envolvidos nos ataques foram mortos e um foi detido.

Os atentados foram reivindicados por um grupo pouco conhecido chamado Moujahidine do Decão.

Segundo o jornal “Times of India”, que cita o interrogatório ao atacante detido, vários dos militantes islamitas visitaram Bombaim nos últimos meses. Ter-se-ão feito passar por estudantes e terão visitado várias vezes os hotéis alvejados.

A Índia suspeita que os terroristas são paquistaneses. Islamabad nega envolvimento e oferece auxílio nas investigações.